Novo padrão contábil pode facilitar reclassificação de provisão de crédito

https://valor.globo.com/financas – 24/05/2022. Por Álvaro Campos — De São Paulo. Mudança tem potencial para gerar ganho contábil imediato para empresa detentora de crédito e depois se transformar em ganho real; alguns especialistas levantam ressalvas. O novo padrão contábil IFRS 9, que traz regras sobre a classificação de instrumentos financeiros, permite reclassificar provisões para perdas de crédito de maneira mais fácil. Isso pode gerar um ganho contábil imediato para a empresa…

Bancos preparam adoção do padrão contábil IFRS9

https://valor.globo.com/financas – 15/03/2022. Por Álvaro Campos — De São Paulo. Ainda que não haja alta forte das provisões, elas devem se tornar mais voláteis. Os bancos brasileiros se preparam para adotar o padrão IFRS 9, que vai impor a maior mudança contábil sobre o setor em mais de 20 anos. O maior impacto se dará…

Nova norma contábil ESG está próxima e empresas serão cada vez mais cobradas sobre práticas socioambientais

https://valor.globo.com/empresas/esg/noticia – 02/03/2022. Por Naiara Bertão, Valor e O Globo — São Paulo. Para Sebastian Yoshizato Soares, sócio-líder de Governança da KPMG no Brasil, o desafio, porém, está na padronização da divulgação dos dados. Um dos pilares da sustentabilidade corporativa é a transparência. A parametrização de indicadores e informações sobre questões ESG (social, ambiental e…

Professores Ariovaldo e Eliseu alertam para balanços de 2021

https://valor.globo.com/financas – 13/01/2022. Por Fernando Torres – jornalista, mestre em contabilidade e editor do Valor Investe. Com a inflação em 10%, autores usam a palavra “desastre” para descrever o que esperam da qualidade dos números referentes ao ano passado. Na minha última coluna contei qual era o meu título preferido do Tesouro Direto e expliquei…

Alinhando a independência do supervisor bancário no Brasil aos padrões internacionais

https://www1.folha.uol.com.br/colunas/rafael-munoz – 23/02/2021. Por Rafael Muñoz. Projeto fortalece papel e importância do Banco Central. A recente aprovação da lei sobre a independência do Banco Central (Projeto de Lei Complementar 19/2019) é um marco importante, depois de uma longa gestação, no que se refere à supervisão bancária e à resiliência do sistema bancário. A independência é um dos…

Quanto vale a sua empresa?

https://www1.folha.uol.com.br – 09/12/2020. Por Rodrigo Tavares Mais de 30 companhias estão na fila para abertura de capital na B3; mas e se estivermos adotando fórmulas incorretas para determinar o seu valor de mercado? Diretores financeiros em Ribeirão Preto e em Paris utilizam a mesma metodologia de contabilidade. Desde a década de 1970, mais de 160…

Auditoria vê deficiências nos controles do Grupo Mateus

VALOR EMPRESAS Por Adriana Mattos, Valor — São Paulo Foto: Divulgação. O Grupo Mateus, varejista alimentar responsável pela maior oferta pública inicial de ações do ano (IPO, da sigla em inglês), relatou em documento enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) que auditores identificaram deficiências de grau moderado nos seus controles internos, conforme antecipou na…

Mudança nas regras traz de volta planos de reforma da Lei das S.A.

VALOR ECONÔMICO – 18/09/2020 Por Rita Azevedo — De São Paulo. Uma mudança em âmbito internacional na apresentação de resultados das empresas, que pretende diminuir a distância entre as regras contábeis e os indicadores gerenciais usados por administradores e pelo mercado financeiro, pode trazer de volta as discussões sobre uma reforma da Lei das Sociedades…

IASB não considera mudar normas contábeis por covid-19, diz membro do conselho

valor.globo.com -12/06/2020. Por Ivan Ryngelblun – Valor – De São Paulo Tadeu Cendón buscou diferenciar o momento atual ao visto na crise financeira de 2008. A pandemia de COVID-19 não fará o Conselho de Normas Internacionais de Contabilidade (Iasb, na sigla em inglês), organismo responsável pela elaboração dos padrões contábeis IFRS, criar novas normas, ou…

Choque cambial provoca prejuízo bilionário no primeiro trimestre

valor.globo.com – 18/05/2020 Por Nelson Niero e Rita Azevedo – De São Paulo. Despesa financeira causa estrago nas contas; resultado operacional ainda resiste. A combinação do real desvalorizado com o início da pandemia cobrou uma conta alta das empresas brasileiras no primeiro trimestre. Foram R$ 21 bilhões em prejuízo, considerando-se 112 companhias de capital aberto…