Os primeiros resultados de companhias brasileiras líderes de vários setores, entre janeiro e março, reforçam a percepção generalizada de que a economia do País começou o ano devagar. Em suas divulgações, as empresas usaram adjetivos como "estranha" e "desafiadora" para definir a situação atual.

O Estado de S.Paulo Em vez de produzir mais aço, a Usiminas resolveu vender mais energia para aproveitar os elevados preços da eletricidade no curto prazo. O Bradesco teve fraca expansão do crédito e aumento da inadimplência futura. Enquanto isso, a produtora de celulose Fibria manteve a produção de um ano atrás, enquanto construtoras seguiram…

Planejador financeiro, um multiespecialista

Por Consultório financeiro – Valor Econômico – 28/04/2014 às 05h00. Como investidor, realizo minhas aplicações financeiras com base em análises  pessoais e experiências próprias. Atualmente, em função do volume de recursos  disponíveis para investimento, busco analisar a vantagem em contratar um  planejador financeiro para me apoiar na gestão dos meus investimentos.  Considerando essa decisão, o…

Como escolher um consultor financeiro

Por Consultório financeiro – 31/03/2014 às 05h00. Como avaliar se um profissional que se oferece para me ajudar em relação às  minhas finanças pessoais tem as competências necessárias? Tobias Maag, CFP, responde: Caro leitor, competência exige atingir e manter um nível adequado de  habilidades, capacidades e conhecimentos para o fornecimento de serviços  profissionais. O profissional…

Apesar de pessimistas, empresários planejam elevar investimento

março 17, 2014 em Geral por Karina Canesin Serra O pessimismo dos empresários com a economia brasileira não os impede de planejar aumento dos investimentos e esperar para seus negócios crescimento superior ao do Produto Interno Bruto (PIB). Em pesquisa realizada durante o evento de posse do conselho da Câmara Americana (Amcham), 41,62% dos presentes afirmaram que pretendem elevar investimentos, enquanto…

Ajustar receitas e gastos à realidade

Vagner Miranda é administrador de empresas e sócio da VSW Soluções Empresariais A regra é clara: no mesmo momento que realiza uma venda, a empresa contrai uma dívida tributária porque parte do valor cobrado são impostos embutidos que devem ser recolhidos aos cofres públicos. Apesar de conhecê-la, muitas empresas têm dificuldade de colocá-la em prática…