Crise aumenta risco em relacionamento com fornecedores

valor.globo.com – 08/07/2020. Por Ivan Ryngelblum – De São Paulo. Pesquisa aponta redução nas auditorias a parceiros durante pandemia. A crise de covid-19 elevou os riscos para as empresas em seus relacionamentos com seus fornecedores, com muitas organizações não conseguindo realizar auditoria (“due diligence”) na fase de integração de terceiros em sua cadeia produtiva, o…

BC lança novo pacote com potencial de R$ 212 bi em crédito para empresas menores

www.folha.com.br – 23.jun.2020 às 18h12 Por Larissa Garcia – Brasília (DF) O Banco Central lançou, nesta terça-feira (23), novo pacote de medidas para ampliação da oferta de crédito em meio à pandemia do novo coronavírus. Desta vez, o BC direciona os empréstimos às micro, pequenas e médias empresas. Juntas, as medidas têm potencial de gerar R$ 212…

IASB não considera mudar normas contábeis por covid-19, diz membro do conselho

valor.globo.com -12/06/2020. Por Ivan Ryngelblun – Valor – De São Paulo Tadeu Cendón buscou diferenciar o momento atual ao visto na crise financeira de 2008. A pandemia de COVID-19 não fará o Conselho de Normas Internacionais de Contabilidade (Iasb, na sigla em inglês), organismo responsável pela elaboração dos padrões contábeis IFRS, criar novas normas, ou…

Créditos de liquidação duvidosa: do politicamente correto ao tecnicamente correto

valor.globo.com – 26/05/2020. Por Edison Fernandes. A utilização de termos técnicos deve ser rigorosa quanto ao seu conceito, sob pena de gerar confusão e até conflitos. Um dos efeitos mais comuns da Covid-19 no balanço patrimonial das empresas é o reconhecimento da inadimplência, seja a efetiva seja a potencial (estimada). Trata-se dos créditos (ativos) não…

Choque cambial provoca prejuízo bilionário no primeiro trimestre

valor.globo.com – 18/05/2020 Por Nelson Niero e Rita Azevedo – De São Paulo. Despesa financeira causa estrago nas contas; resultado operacional ainda resiste. A combinação do real desvalorizado com o início da pandemia cobrou uma conta alta das empresas brasileiras no primeiro trimestre. Foram R$ 21 bilhões em prejuízo, considerando-se 112 companhias de capital aberto…